Prateleiras

domingo, 5 de fevereiro de 2012

Eclipse - Stephenie Meyer [#3]

Continuando minha saga de leitura, 51 Livros em 2012, vamos para a resenha de "Eclipse". [CONTÉM SPOILLERS] 
Terceiro volume da bem sucedida saga Twilight, "Eclipse" é um livro um travado.
Inicialmente achei que o dilema "Bella-vira-ou-não-vira-vampira" fosse finalmente ter uma solução. Mas... me enganei com força. O livro fica no arrastar interminável das quedas de braço mentais de Bella consigo mesma, indecisa (!) entre Edward e Jacob. Ou melhor, Bella está decidida a aceitar como fato inconteste que sua existência na Terra depende do ar que Edward (não) respira. Porém, não consegue esquecer Jacob. E neste cabo de guerra, que se desdobra em bate bocas, rosnados, sibilos (e até latidos) entre Edward e Jacob, beijos roubados, mal entendidos e noites insones, vai-se mais da metade do livro. 
Paralelo a isso, sabe-se que há um exército de recém-criados a solta. Eles estão atacando Seattle, espalhando o pânico e o terror. Sobre eles a autora faz tanto mistério, mas tanto mistério ao longo do livro que, quando ela finalmente explica, o saco já encheu. 
No fim das contas, Victoria ressurge para dar (pelo menos isso!) um pouco de adrenalina a história. (Mas não espere muito do conflito final entre ela e Edward, O Perfeito.) 
Pontos para a história de Jasper e Alice, a cena da festa em torno da fogueira, onde Bella ouve as lendas quileutes sobre a origem dos Lobos, e o melancólico diálogo que marca a aproximação entre Rosalie e Bella, com a revelação do passado triste da vampira. 
Embora tenha agradado a muita gente, a saga realmente não me convenceu. O fato de que Bella Swann foi criada para ser um arquétipo com o qual 9 entre 10 adolescentes se identificariam, pode explicar boa parte do sucesso que Twilight faz. Mas o que faz as garotas suspirarem por Edward, uma criatura tão insossa, eu ainda não entendi. Jacob dá de mil a zero nele, em todos os sentidos. Terminei o terceiro livro sem saber, ainda, a que ele veio. 
Breve, resenha do último livro da série, “Amanhecer”.

Um comentário:

Nanda S.A disse...

Eu tenho medo das adolescentes que se identificam com a Bella, coisinha mais sem graça junto com esse vampiro assexuado. E achar que sua felicidade depende de exclusivamente de alguém? li toda a saga e até agora me pergunto: porquemeudeus????