Prateleiras

segunda-feira, 5 de abril de 2010

Estou lendo: "Sepulcro"

"Em Carcassonne, nenhum contador de histórias fica sem inspiração e nenhum visitante consegue escapar ao charme, à beleza e ao esplendor de um paraíso natural esculpido pelo tempo”.
Kate Mosse.
Conheci Kate Mosse um tanto por acaso, quando pesquisava sobre a heresia albingense para um de meus livros. Uma @miga me falou sobre "Labirinto" e eu, curiosa como sou, coloquei o livro na minha lista de procurados. Acabei ganhando de presente de Natal. O tempo passou e ele ficou na estante, atropelado pelas atribulações da vida. Até que resolvi pegar para ler, e não desgrudei até acabar. Fiquei apaixonada pelo estilo da Kate, pela pesquisa minuciosa, pela maestria com que ela conduziu a trama.


Passou o tempo, outros livros vieram e um dia, passeando pela net, descobri que ela havia lançado outro livro.

A princípio pensei se tratar de uma continuação. Entrei no site da autora e vi que era o segundo livro de uma trilogia (eu e as sagas, ai, ai...), a Trilogia do Languedoc. Apesar disso,  percebi que, mesmo estando relacionado a "Labirinto", "Sepulcro" era outra história, independente da primeira. No entanto, quando comecei a ler, fui descobrindo, encantada, que há diversos pontos em comum entre "Sepulcro" e "Labirinto". Pequenas citações, uma informação aqui, um detalhezinho aqui... Estou na metade do livro e cada vez mais fascinada com a habilidade da Kate de entremear as histórias e as informções e deixar o leitor curioso até a última linha.

"Sepulcro" tem uma trama que junta música, tarô, ocultismo, romance, aventura, história e mistério, muito mistério. Assim como em "Labirinto", Kate desenvolve duas tramas paralelas, separadas no tempo, mas unidas por um objetivo em comum, o destino das personagens principais, Léonie e Meredith. Ah, e tem também um vilão charmosíssimo (tenho uma quedinha por vilões, já disse a vocês?), mas mau que nem pica-pau!

Bem, conforme for avançando na leitura, virei contar para vocês. Mas acredito que serão 600 páginas que valerão muito a pena!

BJS da Drica;-)

2 comentários:

PAULINHO disse...

ola, descobri seu blog depois de ler "O Sepulcro", e quero confessar que leio livros com frequencia, mas é a primeira vez que ao terminar de ler um livro, sinto que vou sentir saudades das personagens, como se fosse uma pessoa querida se despedindo e indo para outra cidade.
com certeza é um otimo livro e vou providenciar a compra de "Labirinto".

Drica Bitarello disse...

Oi Paulinho, seja bem vindo!
Eu tabém senti a mesma coisa. A-DO-RO quando leio um livro assim, que dá saudade. Agora estou atrás do terceiro da saga.
BJS e ótimo 2011 pra vc. Volte sempre!