Postagens

Mostrando postagens de Março, 2010

Saga Warriors XII: A Substituta

Imagem
Chegamos ao 12º livro da Série Warriors, de Margaret Moore. Se acabou? Nananinanão! Ainda há outros depois deste, rssss
Confesso que "A Substituta" é um dos livros que está na minha lista não-vendo-não-troco-não-dou. Ele não tem nada demais. É um Clássico Histórico basicão, daqueles mais fininhos, a história é bem clichê mas... Sabe quando o livro tem algo a mais, algo que te cativa? Bem, este, na minha opinião, tem esse toque.
A protagonista da história, Elizabeth Perronet, é a prima da Geneviéve do livro "A Dama e o Sedutor". Geneviève era a prometida original de Raymond D'Estienne, lorde Kirkheathe. Porém, como todas nós sabemos, a moça preferiu pular na cama de Dylan DeLanyea e deixou o noivo chupando dedo. Daí, o esperto pai de Geneviéve, e tio da desventurada (?) Elizabeth, tem uma idéia genial. Afinal, no contrato de casamento estava estipulado que Raymond se casaria com uma Perronet, mas não especificava qual!
Kirkheathe é um cara do tipo "ame-o ou…

Problemas Técnicos Resolvidos

Pessoal,

neste fim de semana eu levei um baita susto! No sabado, de uma hora para outra, minha conta do Ning foi desabilitada. Eu havia acabado de fazer uma postagem no blog do Clube de Autores quando, do nada, ao tentar logar no portal Radegund, entrava a mensagem sinistra "Your account was disabled". Aarrrrgh! Surtei! Eu já tenho um baita trauma pois, há coisa de dois anos, minha conta do Orkut foi abduzida pelo Sr Google por "uso indevido"(???) e nunca mais tive notícia dela. Imaginem como eu fiquei!!!!

Corri, entrei em contato com o Ning e pedi ajuda ao Clube de Autores (eles foram uns amores). Hoje, quando cheguei do job, vim correndo pra net e, graças a Deus, tudo voltou ao normal. Pude aceitar o pessoal que havia se cadastrado e finalmente atualizar o portal.

Mil beijos e desculpem o chá de espera.

Drica

Problemas Técnicos

Olá pessoas!

Estou passando pra informar que o portal Radegund- A Saga, hospedado na rede Ning, está com problemas. Desde ontem não consigo acesso a ele. O problema foi repentino. Menos de cinco minutos após uma postagem minha na rede, minha conta começou a aparecer como desabilitada, emobra o portal, e minha página do Clube de Autores (também hospedada na Rede) estivessem no ar.
Já entrei em contato com eles e, assim que a coisa voltar a funcionar de novo, vou poder aceitar os pedidos de associação que ficaram pendentes.

BJS e obrigada,

Drica

Vida além da NR

Imagem
Oi pessoas!Quem me conhece sabe que tenho uma predileção pelos livros da Nora Roberts. Possuo praticamente todos os publicados pela Bertrand Brasil (caros, mas de ótima qualidade) e alguns dos publicados pela Harlequim Books (caros, principalmente os de livraria; tradução decepciona em vários e os cortes são “sanguinolentos”!). O que é muiiiito estranho essas diferenciações, já que ambas são do Grupo Editorial Record...vai entender???
Well, mesmo com essa predileção toda sei que há vida além da NR....hehehe... e para provar que leio outros autores também, informo que comecei dois novos livros...yessssss... DOIS. Bem dizem que sagitarianas são exageradas...kkkkkk
Um deles chama-se “Anjos num mundo cruel”, de Don Bradley, que ganhei da Lady Val (“brigaduuu”). Título original “Angels in a harsh world”. Na catalogação informa: Anjos-ficção; Romance inglês.

Parte da sinopse/resenha publicada sobre o livro no site da editora nova era (Grupo Editorial Record):
Segunda filha de casal Olsten, Hal…

"O Reino dos Céus": resenhas, sorteios & bastidores

Imagem
Olá pessoas!

Esta semana estou numa correria louca e nem pude aprontar uma matéria decente para o blog, apesar de ter várias idéias e livros interessantes para mostrar a vocês. Enquanto o ritmo não volta ao normal, convido o toda(o)s para visitarem os blogs Romances in Pink e Mulheres Românticas, que fizeram esta semana, duas resenhas sobre meu livro, "O Reino dos Céus".
Desde já quero registrar aqui que fiquei super-lisonjeada por ter sido comparada a mestra Diana Gabaldon. Estou honrada mesmo! E para comemorar a ocasião, separei dois exemplares que serão sorteados pelas meninas. As regras estão nos blogs, ok?
Gostaria de aproveitar o post e dizer a vocês que escrever é uma verdadeira aventura. Uma viagem na qual você parte com um objetivo traçado e nenhum mapa nas mãos. No primeiro momento, quando os personagens começaram a surgir e a contar suas histórias, era impossível imaginar que eles pudessem ir tão longe. Ou que pudessem me levar a caminhos tão distantes, e as pesqu…

Leia o livro, veja o filme, ouça a música: Saga "As Cruzadas" de Jan Guillou

Imagem
Quem me conhece sabe que não resisto a um bom livro com temática histórica, principalmente aqueles ambientados no século XII, que foi a época em que o movimento das Cruzadas atingiu seu ápice. Pois bem, foi assim, através dessa minha paixão, que acabei descobrindo essa série belíssima e maravilhosamente bem escrita pelo sueco Jan Guillou.


São três livros iniciais, que compoem a trilogia "As Cruzadas" mais um "complementar", por assim dizer, chamado "O Legado de Arn".

Mistura de história e ficção, os livros são perfeitamente ambientados, contados numa narrativa onipresente, como se um bardo sentasse a nossa frente e começasse a relatar a incrível saga do cavaleiro Arn de Göthia, desde antes de seu nascimento.

Repletos de informações profundamente pesquisadas, ricos em imagens e descrições que nos levam para "dentro" da história, os livros dessa série me encantaram, ao ponto de ler todos os tres primeiros em menos de quinze dias. E são três livrõe…

Série Mortal 3: Eternidade Mortal

Imagem
Hallou pessoal!

Retorno com mais um post da Série Mortal de JD Robb, vulgo Nora Roberts.

Apesar de sempre temer séries muito longas, essa ainda não me decepcionou. O terceiro livro me prendeu do início ao fim.

Outra coisa que me empolgou nele foi o enredo que aborda um tema muito atual. A imortalidade ou, melhor, a busca pela eterna juventude. Misture a isso uma pitada de ganância, drogas, jogos de poder, intriga, inveja, amizade, parceria, justiça e outras cositas mas e teremos um livro pra lá de interessante.

Fora que a tecnologia avançada descrita no livro – melhor, na série toda - é de dar inveja em qualquer nerd e não nerd....rssss. Só sei que eu queria um mega computador como o do Roarke, um autochefe para preparar minha comidinha e que tudo funcionasse por comando de voz...kkkkkkkkk
Ah sim, e na ausência do próprio Roarke não poderia faltar de forma-hipótese-maneira nenhuma um empregado robô, lindooooo de morrer, com uma voz bem sexy...kkkkkkkk

Ok, ok, voltando ao livro... O pano de …

Correspondente de Istambul

Imagem
Olá, pessoas!

Confesso a vocês que demorei propositalmente a vir aqui falar sobre o livro da Elif Shafak, "De Volta a Istambul". Eu havia prometido, nos posts anteriores, fazer uma resenha quando terminasse a leitura. Eu realmente acabei de ler, no final de semana passado, mas precisei de um tempo, e de mais dois livros-pós-livro, para me recuperar do peso das revelações e do desfecho da trama.

Acho que vocês viram, pelos posts que deixei aqui, com trechinhos do livro, que eu estava amando a história. Ela é densa, repleta de nuances, que só percebe quem realmente se dedica a leitura do texto de Elif. O problema é que o livro te envolve de uma tal forma que é difícil não mergulhar na angústia dos personagens, nem sofrer com as revelações que são feitas - principalmente no final.

Ah, então o final é triste? Sim. E não. Eu diria que ele é mais melancólico, como as duas etnias que foram tão magnificamente retratadas pela autora.

Elif Shafak fala com muita delicadeza - mas sem dou…

Adestrando Maridos

Imagem
O post de hoje vem da colaboração, via email, da minha amiga Lady Apfel. Ela garimpou a pérola no Clic RBS. Eu, particularmente, achei a idéia da escitora o máximo (apesar de não ter mais marido, kkkk). Afinal, se o homo sapiens - apesar de sua mania de "se achar" - não passa de mais uma entre tantas espécies que habitam nosso planetinha azul, provavelmente deve responder à técnicas e estímulos semelhantes - ou análogos - aos que nossos companheiros cães, gatos e cavalos também respondem. (E quem nunca topou com um jumento de duas pernas na vida, que atire a primeira pedra!)

Amy Sutherland é a autora de "O que a baleia Shamu me ensinou sobre vida, amor e casamento.", lançado no Brasil pela editora BestSeller, com tradução de Alice Xavier.

No livro a autora conta que, cansada das atitudes do marido, resolveu adotar truques usados para adestrar cachorros, golfinhos e baleias. O resultado, segundo a autora, foi que em dois meses, seu marido ficou mais amoroso e menos …

Um Clube Muito Diferente

Imagem
"Clube sm.(...) 4 - associação de pessoas que tem por objetivo a consecução de determinado propósto ou fim comum(...)" Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa. Em setembro do ano passado, num bate-papo com minhas amigas no MSN, comentei minha frustração com relação a possibilidade de publicar meus livros aqui no Brasil.
Dias antes eu havia publicado - mais por realização de um sonho do que por qualquer outra coisa - no Lulu, site internacional de self-publishing. No entanto, apesar das ferramentas muito práticas e do layout bacana do site, o custo para imprimir e adquirir um exemplar que fosse, apenas para mim, era bastante alto. Sendo assim, disse a elas o quanto ficava chateada com isso, pois eu sequer poderia encomendar cópias para mim, ou para as pessoas que gostaria de presentear.
No dia seguinte, ao abrir minha caixa de emails, uma de minhas amigas - lady Val, também colaboradora deste blog - mandou uma mensagem, da qual me lembro da seguinte frase: "Drica, você já…

Ubi Gaius, tu Gaia

Imagem
Garotas,
hoje é o dia Internacional da Mulher. Nos meus scraps do Orkut recebi vários recadinhos, comemorando a data e me desejando felicidades pelo dia. Eu agradeço a todos, pois sei que foram enviados com sinceridade. Mas, nesta data, sempre me pego a pensar: porque apenas no dia 8 de março, nós mulheres nos congratulamos mutuamente, e não em todos os dias de nossas existências?
Porque apenas no dia 8 de março de cada ano recebemos uma rosa no trabalho, ao invés de recebermos, ao longo de todo ano, o salário justo e digno, igual aos dos nossos colegas do sexo masculino que ocupam as mesmas posições que nos ocupamos? Porque ao invés de confraternizações ao fim do expediente, - com um bolo fatalmente decorado com glacê cor-de-rosa, como se todas nós tivéssemos nascido com essa cor grudada em nossos genes - nós não recebemos o reconhecimento pelos nossos esforços de mantermos em dia nossas metas e tarefas, apesar da dupla jornada a que a maioria de nós é submetida? Francamente, apesar …

Escreva ou morra!

Imagem
É isso mesmo, você leu certo aí em cima! O site "Write or Die", de autoria de um certo Dr Wicked, oferece um programinha que promete fazer qualquer escritor hesitante, empacado, desestimulado e até mesmo bloqueado, entrar no prumo e escrever!
Eu mesma experimentei e achei a coisa toda uma diversão. Bem, pode até ser que o cara tenha criado o programa com intenções sérias, mas o máximo que conseguiu tirar de mim foram boas risadas! E olhem que eu coloquei o nível de sensibilidade do programa em "Evil" e as consequências em "Kamikaze Mode"!
Ele funciona da seguinte forma: você preenche um formulário na página inicial do site onde informa quantas palavras quer que tenha o seu texto e em que prazo deverá terminá-lo. Daí, ajusta a sensibilidade do programa, ou seja, o nível de "estímulo" que ele vai lhe dar quando achar que está fazendo corpo-mole. Prepare-se para telas que mudam de cor, sons estapafúrdios e outras coisitas mais.
No fim das contas, é…

Mais de Istambul

Imagem
Achei este trecho de 'De Volta a Istambul" tão bonito, tão delicado, que não resiti a compartilhar com vocês:

"Petite-Ma nasceu em Tessalônica. Era ainda menina quando emigrou com a mãe viíva para Istambul em 1923. A época em que chegara à cidade era inconfundível, pois coincidira com a proclamação da república turca moderna.- Você a república chegaram juntas a esta cidade. Eu estava esperando desesperadamente pelas duas - disse-lhe amorosamente seu marido Rıza Kazancı anos depois - Vocês acabaram com o velho regime para sempre, o do país e o da minha casa. Quando você chegou, minha vida ficou iluminada.- Quando eu cheguei você era triste, mas forte. Eu lhe trouxe alegria, e você me deu força. - devolveu Petite-Ma."Daí para frente, a autora conta a linda história de amor entre Petite-Ma e Rıza, um homem 33 anos mais velho do que ela. Não tem o tom dos romances mais açucarados, do estilo chick-lit. A doçura é mais insinuada, mais delicada, mas nem por isso menos profu…

Sorteio no Menina da Bahia: A dieta das chocólatras - Carole Matthews

Imagem
O post da Nat já começa assim:
Duas observações antes de você iniciar esse livro: 1 - você corre o risco de engordar mentalmente, no mínimo, 05 quilos, isso se você não resistir e comer realmente chocolate; 2- serão os quilos ganhos mais felizes de sua vida. - Natália Alexandre, dona deste blog." Bem, nem tem como não se interessar pelo livro! Eu já estou participando do sorteio. E vocês?

BJS da Drica ;-)

Estou lendo: "De Volta A Istambul"

Imagem
"De Volta a Istambul", de Elif Shafak, conta a história de Asya e Armanoush, duas jovens unidas por raízes étnicas em comum, buscando as próprias identidades. O livro é construído em pequenos pedaços, como se fosse um mosaico, recheado de filosofia e temperado com a mais fina ironia. Hoje cheguei a um trecho em que Asya conversa com seus conhecidos do café Kundera (a parte em que a autora aborda as inúmeras e estaáfurdias razões de o café ter este nome é muito divertida). Numa parte da conversa, em que um dos personagens fala sobre a liberação do consumo de álcool na Turquia (que é um pais essencialmente muçulmano), a autora saiu-se com esta pérola.

"É graças ao álcool que há algo parecido com democracia na Turquia!".

O contexto? leia para saber, rsss. E agora, na página 99, acabo de me reconhecer na personagem Armanoush:
"Armanoush Tchakhmakhchian observou o caixa da livraria 'A Clean Well-Lighted Place for Books' colocar, um por um, os 12 romances qu…

Garotas Plus-size são mais felizes: será que o mundo está descobrindo o que você já sabia?

Imagem
Depois de ler três reportagens, publicadas em datas diferentes no blog 7x7 e no Globo On Line, eu comecei a acreditar que estou diante mesmo de uma tendência - e não de um surto de "politicamente correto", como twittou minha amiguinha Na Muniz.

A primeira reportagem falava da repercurssão da mulher da página 194. Eu explico.

Na edição de stembro de 2009, da revista americana Glamour, ilustrando uma reportagem sobre auto imagem, estava a foto (linda) da modelo plus-size Lizzi Miller.

Sorridente, vestindo uma calcinha ínfima e ostentando uma barriguinha normal, daquelas que eu, você e a torcida do Flamengo também temos, ela se tornou uma verdadeira sensação. Isso porque nós NUNCA vemos mulheres normais nas páginas de uma revista de moda.

Nada contra a bela Giselle e outras tops de suas estirpe. Mas, convenhamos. Quem COMPRA moda e SUSTENTA a indústria não são os ínfimos e inexpressivos 0,000-qualquer-nano-quantidade-por-cento de sílfides da população mundial e sim, NÓS, poderosas,…